Recep Tayyip SuperErdogan 2017

with No Comments
Índice Chronica de Confiabilidade : -1 : Poucos Jornalistas têm a coragem de enfrentar a notícia do jeito que ela é : Recep Tayyip Erdogan acaba de matar a democracia na Turquia. Essa é a notícia !

CHRONICA : INFORMAÇÃO E NOTÍCIA EM ANÁLISE

 

REFORMA QUE AMPLIA PODERES DO PRESIDENTE É APROVADA EM REFERENDO NA TURQUIA
OPOSIÇÃO PEDE RECONTAGEM DE VOTOS

 

Antigamente, no Brasil, uma das melhores fontes de críticas contra a cretinice, contra o despotismo, e contra a nova ordem de ditaduras mundiais, era o PT e seus (des)Governos. Para que a tradição não sucumba, o Lullo-PTismo desde tempos idos tem aconselhado diversos governos pelo mundo, entre eles, seu amiguinho Recep Tayyip Erdogan. Em rota de ascenção sem limites, e sem barreiras, o novo ditador se traveste de democrata republicano para roubar o poder na Turquia.

Alguém pode até reclamar qual motivo Chronica.online faz ter interesse por um ditadorzinho lá na Turquia. Mas o que está em jogo é muito maior do que se vê. Como sempre.

Parece saído de um filme de conspirações, mas o Tayyip Erdogan segue à risca o mesmo script que os cúmunistas-caviar tentaram implementar no Brasil :

. criou um teatro com seu Contra-Golpe, que na verdade foi uma encenação para justificar o genocídio dos seus opositores, e daqueles que defendiam a liberdade, a justiça, e os direitos dos cidadãos; matou milhares;

. até assassinou o Embaixador Russo para provocar o Putín;

. cristalizou seu poder, e manteve-se até hoje;

. percebeu que não havia mais desculpas para uma nova encenação de contra-golpe, e agora frauda processos democráticos para forçar uma mudança na estrutura de poder, uma grande modificação em sua Constituição e Leis Super-Estruturais, e assim, manter por muito mais tempo seu ditatoriado.

Mas o quê devemos ver e enxergar ?

POSIÇÃO EXTREMAMENTE ESTRATÉGICA DA TURQUIA : se existir, poderemos dizer que está justamente no entroncamento do mundo, e conecta o ocidente ao médio oriente. Sua ligação por terra, e posição ao lado da Síria, vizinha da Geórgia, e do Irã, que a privilegia tanto em se tratando de gateway de comércio, quanto hub de infra-estrutura estratégica.

ALIANÇA COM A FEDERAÇÃO RUSSA : rejeitada do Mercado Comum Europeu, e conseqüente da Comunidade Européia, a Turquia de Erdogan corre em passos rápidos para criar laços com o Império do Putín, novo Czar da Nova Ordem.

DISPUTAS COM A SÍRIA : desde dezembro de 2011 a Turquia e a Síria estão em conflito; uma vez que se alia à Russia, pode haver uma certa pacificação de conflitos com o Governo Sírio, vez que são aliados. (favor lembrar que Erdogan é Chefe do Governo Turco desde 2003)

A QUESTÃO DA GEORGIA : a Georgia é conhecida nos livros de histórica como a região do Cáucaso. Passou a ser controlada pela Russia a partir do Século XVIII, depois de guerras e mais conflitos, tornou-se independente. No xadrez mundial disputada pelos Estados Unidos (onde tem base militar) e pela Russia. Certamente o oleoduto do Cáucaso interessa muito à Russia, e sua posição aos Americanos. Em outras palavras, o mundo inteiro quer a Georgia.

Isto visto, o SupErdogan quer seguir o mesmo caminho do Putín, pois o do Lullo-PTismo já era.

A democracia na Turquia, que já estava cambaleante, acabou de morrer.

 

COMO CITAR ESSE ARTIGO

CHRONICA. Recep Tayyip SuperErdogan 2017. Chronica.online. Brasil, Segunda-feira, 17 de Abril de 2017, 18h00 gmt-3. disponível em : http://chronica.online/2017/04/17/recep-tayyip-supererdogan-2017. acesso em : Segunda-feira, 17 de Abril de 2017, 21h00 gmt-3. <indique a data e horário em que acessou esse artigo>

 

NOTÍCIA E/OU INFORMAÇÃO EM ANÁLISE

REFERÊNCIAS

GLOBO COMUNICAÇÕES E PARTICIPAÇÕES S/A
G1
Abril, 16, 2017, 12h10 GMT-3
Reforma que amplia poderes do presidente é aprovada em referendo na Turquia; oposição pede recontagem de votos
Chefe da Comissão Eleitoral confirma vitória do “Sim”, mas diz que resultado oficial pode demorar até 12 dias para sair. Com aprovação, Erdogan pode permanecer à frente do Estado até 2029.
G1. Reforma que amplia poderes do presidente é aprovada em referendo na Turquia; oposição pede recontagem de votos. Edição de Domingo, 16 de Abril de 2017. Rio de Janeiro, Brasil.
http://g1.globo.com/mundo/noticia/termina-na-turquia-votacao-do-referendo-que-pode-aumentar-poderes-do-presidente-erdogan.ghtml

CABLE NEWS NETWORK, CNN
Abril 17, 2017, 12h36 GMT
Turkey’s democracy has died
Frida Ghitis
GHITIS, Frida. Turkey’s democracy has died. CNN. Edição de Segunda-feira, 17 de abril de 2017. Ankara, Turquia.
http://edition.cnn.com/2017/04/16/opinions/turkey-election-less-democracy-opinion-ghitis/

BRITISH BROADCASTING CORPORATION, BBC
Março 07, 2017
Turkey country profile
BBC. Editoria de Perfís de Países. London, United Kingdom. Março 07, 2017.
http://www.bbc.com/news/world-europe-17988453

/CHRONICA.online

Leave a Reply