Rodrigo Já-Not em sua Guerra Pessoal por Poder

with No Comments

 

CHRONICA : ARTIGOS EM FOCO

 

RODRIGO JÁ-NOT EM SUA GUERRA PESSOAL POR PODER

 

Chronica.online tem uma admiração especial pelo
Poder Judiciário e suas Instâncias,
e por mais que não se deseje analisar
as trapalhadas do Janot,
sempre algum leitor nos instiga
a tratar do assunto.
Então, vamos ao Caso.

 

A cada dia que mais se fala sobre o Rodrigo Janot e a Colaboração Premiada da JBS, Joesley Batista e seus asseclas co-operadores, é quase impossível deixar de notar ser travada uma guerra pessoal do ex-Procurador Geral da República em busca de mais poder. Parece uma percepção tortuosa, mas se atermos-nos às suas ações, com isenção de paixões, observaremos que no caso específico da JBS existem muito mais indicações de posições pessoais do então chefe da PGR do que tecnicismo jurídico aplicado. Seguiu o Janot, agindo como um dos seus investigados, em busca de perpetuar seu poder na PGR, às custas do Povo Brasileiro.

Verificando a história do Rodrigo Janot, e sua carreira no judiciário, entendemos que ele não haveria de receber dinheiro para aprovar a mais rápida delação da história, e fazer do Joesley Batista o Criminoso mais bem recompensado da Corrupção na História da Humanidade. Assim, o fato de impor suas percepções pessoais e o desejo de vingança em face da não-escolha do seu favorito ao comando da PGR, transformou-o no ProcuraBOBO Geral da República. Joesley agradeceu assustadoramente.

Então vamos revisar o plano de poder que pode ser visto :

1. seu assistente, o Marcelo Miller, ingressa no escritório de advocacia que defende a JBS, o Joesley e seus co-operadores de corrupção;

2. Marcelo ajuda na feitura da Colaboração Premida do Joesley, e com um grande prêmio;

3. Janot faz a delação da JBS, dá imunidade a Joesley Batista, e derruba o Michel Temer da Presidência da República;

4. Janot faz seu preferido e protegido o novo Chefe da Procuradoria Geral da República;

5. Janot sai da PGR e ingressa no mesmo escritório do Marcelo, ou pode manter seu escritório e fazer parcerias, o que nada impediria.

Esse script é o mesmo dos Deputados e tantos Políticos que o ex-Procurador investigava. Mudou somente o ambiente, e ao invés do Congresso Nacional, teremos o Poder Judiciário.

Mas, alguma coisa deu errado no caminho, e os espertalhões foram surpreendidos. Nada de protegido no comando da PGR. Uma vez que não há mais integração entre o Janot e o comando da PGR, todas as trapalhadas, incoerências, irresponsabilidades, erros, e projetos pessoais passarão a ser descobertos. E certamente ninguém haverá de carregar o caixão de defuntos que não lhe pertença.

Raquel Dodge chefe da Procuradoria-Geral da República significa a descontinuidade do script inicial do projeto de poder do Janot, e qualquer castelo de cartas que houvera montado, vai se desfazer.

 

UM BREVE HISTÓRICO

MAIO DE 2017 : PLANEJAMENTO PARA UM NOVO FUTURO DE GLÓRIAS

Quando da época do encerramento do seu mandato frente a Procuradoria Geral da República, Rodrigo Janot manda avisar que não vai concorrer à re-eleição. Na época, os candidatos da lista da Associação Nacional dos Produradores da República, ANPR, foram : Carlos Frederico; Eitel Santiago Pereira; Ela Wiecko; Franklin Rodrigues da Costa; Mario Bonsaglia; Nicolao Dino, o candidato do Janot; Raquel Dodge; e, Sandra Cureau.

Diz os correspondentes do Chronica.online que Brasília é território de quem possui pelo menos o terceiro PhD em Política e Relacionamentos, de sorte que o Janot já acompanhava a situação da provável escolha do futuro chefe da PGR, e não seria seu favorito.

JUNHO DE 2017 : A OPORTUNIDADE FAVORECE ÀS MENTES PREPARADAS

Das suas investigações, sabendo que o foco da corrupção do Brasil é o Partido dos Trabalhadores da Corrupção, o PT, e não havendo nada de novo, Rodrigo Janot se depara com uma encruzilhada : Denunciar o Lulla e a Dillma ? Mas faz nada. Fica à espera de algum milagre.

De repente, cai no colo do Janot, Joesley Batista, o maior CorruPTo e CorruPTor do Brasil que utiliza dinheiro do BNDES para financiar a corrupção e fazer riqueza. Era o milagre que desejava.

Sem demora, sem análise, sem confrmações, sem investigação, na base do achismo, na maior pressão para concretizar seus projetos pessoais, Rodrigo Janot aceita de “bom agrado” o áudio do Joesley Batista e põe toda a culpa da corrupção na conta do Michel Temer. Que tal derrubar (ou enfraquecer) um presidente e fazer seu protegido o novo Procurador Geral da República ?

Chronica.online não defende Políticos, não defende Escroques ou Aproveitadores, não defende Manipuladores, nem defente tampouco CorruPTos, defendemos a Verdade.

A denúncia do Rodrigo Janot contra o presidente Michel Temer foi feita na segunda-feira do dia 26 de junho de 2017, tendo canonizado Joesley Batista como homem-santo que resolveu passar o país à limpo. Total engano.

SETEMBRO DE 2017 : PÉ NA JACA, TOTALMENTE ENLAMEADOS

Depois de todas as elocubrações e conjecturas possíveis, vem à tona a manipulação exercida pelo Joesley Batista tanto em firmar os acordos da JBS quanto nas suas operações de mercado. A delação da JBS passa a ser revisada, são descobertos os planos de poder do grupo pseudo-político do Janot, e o Brasil assiste seu Procurador Geral ser indicado, pelo menos, como o Bobo Geral da República.

Restou ao Janot finalmente :

. denunciar Lulla e Dillma, algo que todos os Brasileiros já esperavam há muito tempo; e,

. abrir investigações contra o grupo JBS, bem como Joesley Batista e seus Asseclas, além de revogar a imunidade concedida ao maior Grupo Criminoso da História da Humanidade, representado por seu chefe Joesley Batista.

Vergonha Total.

 

COMO CITAR ESSE ARTIGO

CHRONICA. Rodrigo Já-Not em sua Guerra Pessoal por Poder. Chronica.online. Brasil, Sexta-Feira, 15 de setembro de 2017, 06h00 GMT-3. disponível em : http://chronica.online/2017/09/15/rodrigo-ja-not-em-sua-guerra-pessoal-por-poder/   acessado em : <indique a data e horário em que acessou esse artigo>.

REFERÊNCIAS

GLOBO COMUNICAÇÂO E PARTICIPAÇÕES SA
O GLOBO
BRASÍLIA, BRASIL
Relatório da PF diz que PGR sabia de participação de procurador na defesa da JBS; Janot contesta
Integrantes do MP dizem que PF confundiu acordo de delação com leniência
Setembro 13, 2017, 19h41, atualizado em 13.09.2017 às 20h18.
CARVALHO, Jailton. Globo Comunicação e Participações S/A, O Globo. Brasília, Distrito Federal, Brasil, Edição do dia 13 de setembro de 2017, 20h18 GMT-3.
https://oglobo.globo.com/brasil/relatorio-da-pf-diz-que-pgr-sabia-de-participacao-de-procurador-na-defesa-da-jbs-janot-contesta-21818964

INFOMONEY
INFOSTOCKS INFORMAÇÕES E SISTEMAS LTDA
SÃO PAULO, BRASIL
Gabinete de Rodrigo Janot sabia de ligação de ex-procurador com a JBS
Segundo investigadores da PF, há evidências em mensagens trocadas por Miller com a cúpula da empresa, em um grupo de WhatsApp com os Batista e diretores
Setembro 13, 2017, 15h08.
MORTARI, Marcos. Infomoney, Mercados e Política. São Paulo, São Paulo, Brasil, Edição do dia 13 de setembro de 2017, 15h08 GMT-3.
http://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/6949313/gabinete-rodrigo-janot-sabia-ligacao-procurador-com-jbs

FOLHA DE SÃO PAULO
PODER
BRASÍLIA, BRASIL
Janot denuncia Lula e Dilma na Operação Lava Jato
Setembro 05, 2017, 19h55, atualizado em 20h45.
CASADO, Letícia. Folha de São Paulo, São Paulo, Brasil, Edição do dia 05 de setembro de 2017, 20h45 GMT-3.
https://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/09/1916142-janot-denuncia-lula-e-dilma-na-lava-jato.shtml

FOLHA DE SÃO PAULO
PODER
BRASÍLIA, BRASIL
Rodrigo Janot abre investigação e ameaça cancelar a delação da JBS
Setembro 04, 2017, 18h58, atualizado em 04.09.2017 às 23h52
TUROLLO JR, Reynaldo. CASADO, Letícia. Folha de São Paulo, São Paulo, Brasil, Edição do dia 04 de setembro de 2017, 23h52 GMT-3.
https://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/09/1915801-janot-determina-apuracao-de-omissao-em-delacao-da-jbs.shtml

INFOMONEY
INFOSTOCKS INFORMAÇÕES E SISTEMAS LTDA
SÃO PAULO, BRASIL
Nome mais votado para PGR é o preferido de Janot, mas não deve ser o escolhido de Temer
Tem sido praxe na política a escolha do primeiro colocado da lista sugerida pelos procuradores, mas não há nenhuma determinação formal para que tal procedimento seja necessariamente seguido
Junho 28, 2017, 13h22.
MORTARI, Marcos. Infomoney, Mercados e Política. São Paulo, São Paulo, Brasil, Edição do dia 28 de junho de 2017, 13h22 GMT-3.
http://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/6741644/nome-mais-votado-para-pgr-preferido-janot-mas-nao-deve

SA CORREIO BRASILIENSE
POLÍTICA E BRASIL
BRASÍLIA, BRASIL
Eleição definirá lista tríplice para a sucessão de Janot na PGR
Escolha pode ter influência na Lava-Jato e nas investigações sobre o presidente Michel Temer
Junho 27, 2017, 06h01, atualizado em 27.06.2017 às 07h04.
BRASIL, Luana Melody. Correio Brasiliense SA, Política e Brasil. Brasília, Distrito Federal, Brasil, Edição do dia 27 de junho de 2017, 07h04 GMT-3.
http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2017/06/27/internas_polbraeco,605118/quem-vai-ocupar-o-lugar-de-janot-na-pgr.shtml

GLOBO COMUNICAÇÂO E PARTICIPAÇÕES SA
G1, TV GLOBO, BRASÍLIA, BRASIL
Oito procuradores se apresentam para sucessão na PGR; Janot não se candidata
Associação Nacional dos Procuradores promoverá eleição, e os três primeiros integrarão lista a ser enviada ao presidente da República. Presidente não tem obrigação de escolher alguém da lista.
Maio 24, 2017, 19h45, atualizado em 24.05.2017 20h10
OLIVEIRA, Mariana. Globo Comunicação e Participações S/A, Tv Globo, G1. Brasília, Distrito Federal, Brasil, Edição do dia 24 de maio de 2017, 20h10 GMT-3.
https://g1.globo.com/politica/noticia/oito-procuradores-se-apresentam-para-sucessao-na-pgr-janot-nao-se-candidata.ghtml

GRUPO ESTADO DE SÃO PAULO
ESTADÃO
POLÌTICA, BLOG DE VERA MAGALHÃES
Ex-braço-direito de Janot atua em escritório que negociou leniência da JBS
Maio 20, 2017, 10h35.
MAGALHÃES, vera. Estadão, São Paulo, São Paulo, Brasil, Edição do dia 20 de maio de 2017, 10h35 GMT-3.
http://politica.estadao.com.br/blogs/vera-magalhaes/ex-braco-direito-de-janot-e-advogado-que-negociou-delacao-da-jbs/

/CHRONICA.online

Leave a Reply